; charset=UTF-8" /> » gig

Posts tagged ‘gig’

No Rest, Diatribe e Roots NR /// Hoje!

Cartaz-722x1024

A No Rest toca agora dia 31 de março!

E então seguimos como disse o Zé, na proximidade e na distância. E se passaram 25 anos… Engraçado ser esta a primeira vez que a gente fala nisso, acho que a gente nunca parou pra pensar no tempo e para comemorar o tempo. Isso não significa que não celebramos muitas coisas juntxs. Fizemos de diversas formas e cada gig não deixa de ser uma celebração, uma comemoração, um momento que sem entusiasmo não existiria. E sem xs amigxs e todas as pessoas que nos apoiam deste ou daquele jeito, não existiria.

O dia 31 marca os 50 anos do golpe militar. Nós nascemos na ditadura e sabemos ser importante manter a memória viva, lembrar a censura, xs desparecidxs, xs torturadxs, e os cruéis ataques aos movimentos sociais.  E neste dia escolhemos para também nos expressarmos tocando, gritando, sentindo, denunciando, celebrando a resistência, com revolta e com esperança.

Todxs lá! Dia 31 de Março no Signos Pub, começando às 21h em ponto! Tocam com a gente Diatribe de Santa Cruz do Sul e RootsNR aqui de PoA. O ingresso será R$12,00 e, como sempre, teremos banquinhas de materiais feministas, anarquistas, punx, patches, Lps e CDs!

http://norest.noblogs.org/

Página Inicial

GIG 31/03 – A Solução Não é Se Entregar!!!

Sábado agora, dia 31 vai rolar uma gig com as bandas Chicken’s Call, No Rest e Vapaus.

Chicken’s Call é uma banda anarcopunk de Grenoble que faz um som punk melódico, com letras que falam sobre o sexismo, racismo, xenofobia… Os caras fazem parte de um coletivo que leva o portal Lustucrust, que hospeda as páginas de sete bandas, duas distros e um selo. Além disso o coletivo toca uma infoshop -Local Autogéré- com divulgação de material anarquista, anarcopunk e onde rolam atividades variadas. Estão pela segunda vez no Brasil, a primeira foi em 2008. Desta vez a turnê deles passa também por Uruguai e Argentina.

http://www.lustucrust.org/chickenscall_infos.html

A No Rest é banda local, que toca desde 1989. E neste tempo de existência passou por muitas influencias no som que variam do thrash ao punk. Letras sobre desigualdades, violência contra a mulher, machismo, xenofobia, conturbações políticas e psicológicas… A banda não toca em Porto Alegre desde 2008 e embora não tenha acabado ficou sem fazer gigs por este período porque o baterista mora na Alemanha para conviver com seu filho. A banda carrega na sua bagagem, turnês pelo Brasil, América latina e Europa, o cd Sick Society, o EP Contraditória Condição, os LPs Suportar a Dor e Todos os Disfarces, e faixas em coletâneas sendo a última delas uma compilação feminista lançada pelo selo francês Stonehenge.

Promessa – No Rest

Você não vai ser poupada e você vai se acostumar com humilhação entre flores algumas vezes como premio por te calares. Aquela proteção que dizem você merece receber faz parte do conceito de que você não é capaz, não deve agir. Você receba! Você espere! Você se submeta! Seu valor é tabelado é comparado a mercadorias. Sinto lhe dizer que você não vale muito, você não vale nada.  E o que você recebe? E o que você espera?  E a quem você se submete? Seu nome nunca foi seu, sua vontade nunca foi sua, seu comportamento uma idéia que venderam. É triste assim, é grave assim, é real assim.  Você não vai ser POUPADA! Nada é tão certo quanto isso, a tua própria realidade. Onde justiça e respeito não fazem parte. Sendo esta luta seu bem mais precioso e sincero e a promessa de uma situação melhor para as que virão.

http://norest.noblogs.org/

Vapaus também é de Porto Alegre e toca há pouco mais de um ano. Elxs fazem um som punk, com influências de d-beat e HC finlandês. Assim como o nome da banda, que significa liberdade em finlandês, algumas das letras também são cantadas nessa língua, herança de Outi, finlandesa que morou aqui na cidade e fez parte do projeto no inicio da banda.

http://www.youtube.com/watch?v=DBlaHjG-HCQ&feature=related

O som vai rolar no Garagem Hermetica e a primeira banda começa por volta da meia noite.
Como sempre estará rolando troca e venda de materiais independentes, discos, zines, camisetas, etc. Estaremos também levando os zines do açãoantisexista, traga também seu material para compartilhar!

O ingresso é 10 pilas até a meia noite e 15 após, então chegue cedo!

Apóie a cena local e a banda que está em turnê!

página inicial

[PoA] Esquecer Jamais!

Na próxima sexta, dia 6, completam-se 65 anos do ataque nuclear à Hiroshima. 65 anos sem ninguém ser responsabilizado. Um ‘acordo-de-paz’ forçado e destruidor; oportunista e genocida, tão em sintonia com a guerra que o predecedeu quanto com a politica de imperialismo e conquista pós-guerra. A história como nos é contada, perdoou os assassinos e resolveu esquecer as 90 mil pessoas pulverizadas instantâneamente e as 200 mil que pereceram lentamente devido às queimaduras e ao câncer. ‘Guerra é assim mesmo’ nos dizem; mas quem faz as guerras? À quem elas servem? Quem elas matam?

Nesta sexta estará rolando uma GIG em memória à Hiroshima. O som vai rolar ali no EntreBar, na josé do patrocinio, 340, apartir das 22h, com as bandas

CHANGE YOUR LIFE
GRITOS DE ÓDIO
CONDUTA DESTRUTIVA
PROTESTO GASGUITA
NO MASTERS
FERIDA

Tudo isso por R$3
e + bancas de materias feministas/faça-você-mesm@/anarcopunx/contracultura…..
Apareçam!!

gig//DARGEturnê-brasil

a banda DARGE, de gifu – JAPÃO, vem no final do mês ao brasil para uma turnê por SP, GO, SC e toca também aqui em porto-dis-alegre. eles fazem um som punk d-beat influenciado tanto por bandas japonesas quanto pelo som punk 80 aqui do brasil.

aqui a gig é uma ação conjunta agilizada por nós mais o coletivo mentes plurais e outrxs individuos, cooperando com o pessoal que organiza nas outras cidades pra dividir os custos e tornar possivel que a turnê chegue em mais lugares. vão tocar também a GRITOS DE ÓDIO, a PROTESTO GÁSGUITA, CONDUTA DESTRUTIVA, NO MASTERS, THRASH e FERIDA.

a gig tem como tema a campanha pelo voto nulo: apesar de estarmos ainda no início do ano, a pressão das campanhas eleitoreiras já é sentida e mais uma vez seremxs massacradxs pelo marketing bilionário que impulsiona a briga entre xs mesmxs adversárixs de sempre lutando apenas em defesa de seus próprios interesses. tentarão nos enganar e nos convencer que a única forma de se fazer politica é através do voto, elejendo quem não defende nossos interesses e delegando o poder de descisão sobre nossas vidas, mentes e corpos à terceiros. dizemos que não: EXISTE POLÍTICA ALÉM DO VOTO!